Coletivo Salve Kebrada fará evento com rap, raggae, samba e roda de conversa sobre o bairro Jaraguá

O Coletivo Salve Kebrada está mapeando a cultura e a história do bairro Jaraguá
O Coletivo Salve Kebrada está mapeando
a cultura e a história do bairro Jaraguá
O Coletivo Salve Kebrada, que tem como objetivo mapear a cultura e a história do bairro Jaraguá, realizará no dia 4 de março de 2017, no CEU Pêra Marmelo, o Encontro DiKebrada com a presença de músicos das vertentes rap, raggae e samba da região, livre e grátis para todos os públicos.

O evento terá início às 12h com a apresentação de uma mostra de vídeos de entrevistas realizadas pelo coletivo em 2016 seguida de uma roda de conversa dos participantes com os entrevistados.

Na sequência, haverá apresentações do escritor, produtor cultural e MC Mano Réu, da única banda de reggae do bairro Jaraguá, a Indaíz, dos rappers do grupo AR2 e a Banca, do Carnabronk's e do Conto no Pé da Árvore. O encontro também terá intervenções de grafitti art ao vivo com Jamal e Ralph.

Folder do evento "DiKebrada". Imagem: acervo Coletivo Salve Kebrada
Folder do evento "DiKebrada".
Imagem: acervo Coletivo Salve Kebrada
"Nossa expectativa desde o início do coletivo é somar pela quebrada. E agora, em março, será o encerramento do ciclo 2016, onde reuniremos as pessoas que entrevistamos", diz o historiador e fundador do Coletivo Salve Kebrada, Rodrigo Gonçalves Bevenuto, "vamos exibir um vídeo com trechos das entrevistas, realizar uma roda de conversa sobre assuntos relacionados ao Jaraguá e Taipas e depois curtir as bandas que além de serem do bairro, são nossos parceiros e articulamos juntos", completa.

O CEU Pêra fica na rua Pêra Marmelo, número 226, a poucos metros da estação Vila Aurora da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), no vilarejo de Vila Aurora.

Sobre o Autor:
Marinaldo Gomes Pedrosa Marinaldo Gomes Pedrosa é formado em Jornalismo pela UniSant'Anna. Vive no bairro Jaraguá desde 1976.

Comentários