Mitsiotis aplica oficina na Terra Indígena Jaraguá

O técnico em Apicultura idealizador da Associação Paulista de Apicultores Criadores de Abelhas Melíficas Europeias (Apacame), Nikolaos Argyrios Mitsiotis, realizou uma oficina na Terra Indígena (TI) Jaraguá no sábado, 24 de junho de 2017. O evento foi prestigiado por índios e não índios que se encontravam no lugar.

O estudioso da Apicultura, Nykolaos Argyrios Mitsiotis (de barba branca), foi à Tekoa Ytu, mas não foi para falar de abelhas. Foto: acervo Mitsiosis/Maria Carolina Moraes
O estudioso da Apicultura, Nykolaos Argyrios Mitsiotis
(de barba branca), foi à Tekoa Ytu, mas não foi para falar de abelhas.
Foto: acervo Mitsiosis/Maria Carolina Moraes
Curiosamente, o assunto da oficina não foi aquele que Mitsiotis mais gosta (o mundo das abelhas), mas a produção de pão integral, um produto feito com itens naturais como o próprio trigo integral e a água da bica do Pico do Jaraguá naturalmente filtrada pela montanha.

No decorrer da oficina, Mitsiotis foi auxiliado pela jovem Maria Carolina Moraes, que o ajudou a preparar a massa do pão e gravou por meio de um smartphone o depoimento de alguns participantes sobre a aula.

"O professor mostrou a preparação de um alimento com ingredientes naturais, com água da bica e não da torneira, com trigo integral livre de soja transgênica, com azeite e sal à gosto ou com açúcar orgânico, isto é, um alimento gostoso e saudável", comentou a estudante do curso de Administração de Empresas da Faculdade Sumaré e voluntária do Programa Escola da Família que atua na Escola Indígena Djekupe Amba Arandy da Tekoa Ytu (Aldeia da Cachoeira), Stephanie, "foi uma aula que eu gostei muito porque o professor nos conscientizou sobre o consumo de produtos naturais e sobre o que pode ser bom ou ruim para o nosso corpo. Seria muito bom ter mais pessoas como ele aqui na aldeia para trazer mais desse tipo de conhecimento para cá", completou.

Mitsiotis é um renomado estudioso da Apicultura e observador da natureza. Além de ser um dos fundadores da Apacame, ele manteve um apiário com mais de 50 caixas próximo a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, nos anos 1980, e publicou na mesma época uma revista denominada "O reino mágico das abelhas", que vendeu mais de 200 mil cópias no Brasil e no exterior. Leia "Jaraguá já foi referência em Apicultura" para saber mais sobre isso. Em 2016, ele publicou aqui no Jaraguá SP Post o artigo "Importância ambiental dos margaridões-amarelos da estação Jaraguá".

Leia também o post: "13 documentários para você compreender a Terra Indígena Jaraguá localizada em São Paulo".

Sobre o Autor:
Marinaldo Gomes Pedrosa Marinaldo Gomes Pedrosa é formado em Jornalismo pela UniSant'Anna. Vive no bairro Jaraguá desde 1976.

Comentários